13. Repetição do processo de candidatura (Condições)

13.1. Regras gerais

a) A repetição é entendida como não cumprimento de entrega ou prazo ou uma pendência, sendo assim NÃO há ressarcimentos.

b) Com justificativa plausível, algumas atividades podem ser repetidas, porém ela DEVE ser solicitada em até 7 (sete) dias corridos do fato e, após análise, deve ter sido aprovada pelo Comitê.

c) Após 6 (seis) meses toda documentação será descartada e uma nova inscrição deverá ser feita.

d) A repetição implica em encargos que podem ser vistos na tabela vigente e podem ser cumulativos;

e) Apenas uma chance lhe será permitida.

f) A IPMA Brasil reserva-se no direito de atualizar e alterar preços e condições sem aviso prévio.

13.2. Caso o Candidato

a) Tenha sido aprovado no exame para IPMA Level C, mas: não continuou, ou não compareceu na entrevista ou não tenha sido recomendado ao nível IPMA Level C, ser-lhe-há concedido automaticamente o título IPMA Level D. Pode optar por não receber este titulo e o deverá fazer comunicando o Comitê.

b) Tenha sido reprovado ou faltado no exame ou entrevista ou não tenha entregue o relatório: pode repetir, após acerto de encargos, dentro do período de seis meses, contado a partir da data de publicação do resultado. Antes de 6 (seis) meses, fica livre de submeter nova candidatura (todos os níveis) e é sua a decisão de atualizar a documentação já enviada.

c) Caso geral: sendo o Candidato recomendado para um nível diferente ao pleiteado, o Candidato será consultado e, caso concorde, deverá pagar a diferença a maior. Diferença a menor não será restituída.

 13.3. Omissões ou faltas por parte do Comitê

a) As ocorrência por parte da IPMA Brasil não devem causar ônus ao Candidato.

b) Casos excepcionais ou não estipulados aqui, serão analisados pela Diretoria em exercício.


Tópicos principais:


Esta versão suplanta e revoga quaisquer versões e condições anteriores.

Atualizado: 2018-03-29