3. Requisitos de entrada


3.1. Regulação

    Os requisitos e todo processo de certificação (e recertificação) são regulados pelo Cap. 3 do NCB (National Competence Baseline – Referencial Nacional de Competências) e compilados em detalhe para cada nível neste Manual On-line. Os requisitos abrangem:

    • Certificação (validade de 5 anos);
    • Recertificação (iniciada antes de expirar o certificado). 


    3.2. Pré-requisitos de entrada
      • Conhecer e praticar o Código de Ética e Conduta;
      • Reconhecer que o Candidato tem a concessão de uso do certificado e que está  vinculado às suas condutas;
      • Estar em dia com os encargos e documentos exigidos;
      • Solicitar pleito ao nível identificado;
      • Denunciar conflito de interesse (ou potenciais) com os Assessors (como evitar conflito de interesse).


    3.3. Requisitos gerais

        A Certificação para Gerentes de Projetos ou Profissionais interessados no tema estão em conformidade com as normas estipuladas pelo CIC-IPMABR, com o NCB, NCRG, e validadas pelo CVMB da IPMA (International Project Management Association). Os critérios levam em conta a experiência no tema Gestão de Projetos entre outros, vide figura:

        Fig. 3.3.



        A aceitação para adentrar ao nível D é bem simples, e a dos níveis A, B ou C depende da experiência do Candidato e da natureza e complexidade dos projetos que tenha gerenciado e suas evidências que deverão ser enviadas. 

        • Cursos ajudam na aceitação do Pleito?
          • Sim, Candidato que tenha feito curso no tema GP, de no mínimo 40h [1];
        • Outros certificados ajudam na aceitação do Pleito?
          • Se tiverem relaçao com a Gestão de Projetos, após análise do tipo de certificado apresentado, o Comitê poderá  aceitar o Candidato ao ciclo ou redirecioná-lo a outro nível.

        NOTA: depende da comprovação de veracidade nos termos da lei.

        O CIC-IPMA Brasil reserva-se no direito de, com base no parecer do(s) Assessor(s) e normas de certificação: 

        a) não aceitar o pleito à candidatura que entenda não satisfazer aos requisitos mínimos do nível pleiteado, ou mesmo, 

        b) recomendar o Candidato a prosseguir em um nível distinto daquele pleiteado (um nível diferente).

        Agora que entendeu as generalidades do processo, você pode seguir daqui.

        3.4. Condição de entrada
        • Ao formalizar a candidatura, o Candidato entende e aceita as normas e regulamentos;
        • Cada resultado só será divulgado para o candidato que estiver em dia com seus encargos;
        • Não haverá devoluções ou ressarcimentos sob quaisquer circunstâncias:
          • exame: em caso de desistência ou reprovação no exame, o Candidato tem chance única de pleitear um novo exame e, em o fazendo, terá que realizá-lo dentro do período de um ano ou no ciclo subsequente.
          • entrevista: pagando 50% do valor da "certificação", o Candidato poderá realizar entrevista perdida dentro de no máximo seis meses após a data de aprovação no exame.
          • reclassificação: sendo o Candidato reclassificado para outro nível, o Candidato será solicitado a pagar a diferença a maior e não não será devolvida a diferença a menor.

        3.5. Requisitos específicos - identificação do nível para pleito à candidatura
          Tópicos principais:


          Esta versão suplanta e revoga quaisquer versões e condições anteriores.

          Atualizado: 2016-07-10

          Subpáginas (4): IPMA-A IPMA-B IPMA-C IPMA-D