8 Elaboração do Relatório de Projeto (DRP)  (níveis A, B e C)

8.1. Candidatos aos níveis A e B
Enviar junto com a candidatura o Documento PPP-List aba PCS, mostrando o projeto que será detalhado no relatório.
Sem este  Comitê não terá condições de avaliar se o projeto que será proposto no Relatório é viável. 

8.2. Generalidades do Relatório (DRP)
O Candidato deve preparar o DRP relatando o trabalho (projeto, programa ou portfólio, conforme o nível pleiteado) até a data indicada no calendário do ciclo.
A entrega deverá ser feita nos mesmos moldes que o Dossiê (DCC) foi feito: assinada e numerada em PDF 200dpi.

O DRP é composto do Relatório em si e do preenchimento do FCE - form. de Cobertura dos Elementos de Competência (incorporado ao DRP).

Cabe ao Candidato assegurar que o DRP esteja conforme os requisitos.

  • Deve ser escrito na primeira pessoa;
  • Fonte Arial 10 com espaçamento 1,5;
  • Margens: superior e esquerda 3 com, inferior e direita com 2 cm.
O Candidato deve assegurar que o DRP esteja conforme os requisitos de cada nível (Tabela 8.2), isto é, relatando o projeto para IPMA-C, projeto complexo ou programa para IPMA-B e portfólio ou programas para IPMA-A. Deve expor a sua experiência profissional de acordo com o nível escolhido e complexidade (a ser preenchida no FCP). Deve ser escrito em primeira pessoa, formato Arial 10, espaçamento 1,5 e contendo:

Tabela 8.2
Tabela 8.2
Nota: tamanho máximo de 5MB.

O DRP proposto é fundamental para a avaliação da experiência profissional, capacidade de comunicação escrita e de síntese do Candidato. Deve conter evidências suficientes da utilização dos Elementos de Competência do NCB considerados relevantes ao nível pleiteado e descritos no formulário FCE, ou seja: projeto (IPMA-C), projeto complexo ou programa (IPMA-B), multiprojetos, programas e portfólio (IPMA-A). A estrutura modelo abaixo para produção do relatório constitui apenas em um guia de orientação ao Candidato que fica livre para seguir, ou não, da forma que melhor entender e lhe aprouver.

O Candidato não deve produzir documentos que realmente não utilizou no DRP proposto. O que se valoriza na avaliação do trabalho é a apresentação dos documentos que, realmente, foram usados no planejamento e controle do projeto, complementados pelos comentários que o Candidato entender adequados para evidenciar o seu domínio de aplicação das boas práticas de Gestão respectiva a cada nível. Descrições além do estritamente necessário não serão valorizadas.

Mais do que um enunciado das tarefas, pretende-se que o Candidato descreva o que foi realizado e comente criticamente os resultados atingidos, lições aprendidas, procurando evidenciar o seu domínio nos Elementos de Competência do NCB (leia-o), e obedecendo as exigências de cada nível.

O Candidato deve focar a descrição no Gerenciamento do DRP proposto. Descrições da tecnologia, além do estritamente necessário ao entendimento da natureza e complexidade do DRP proposto, não serão valorizadas. Também não será valorizada a descrição extensa de metodologias ou dos processos técnicos de desenvolvimento em uso na empresa ou instituição do Candidato. O que será avaliado é o Candidato e não a Organização em que trabalha nem as ferramentas empregadas.

Toda a informação que o Candidato entenda que deve ser omitida, por razões de sigilo profissional, pode e deve ser omitida, mas vale ressaltar que todo o processo e documentos são tratados de forma confidencial pelos Assessors. A ausência de elementos de informação que possam ser importantes para a avaliação será esclarecida no processo de entrevista do Candidato.

 

ANEXOS: é fortemente valorizada a apresentação, nos anexos ao relatório, de evidências dos métodos e técnicas de planejamento e controle mencionados. Sem as evidências, os Assessors não terão elementos para avaliar adequadamente, levando-os a supor que o conhecimento apresentado é meramente teórico.

DEVE estar no mesmo PDF montado e assinado.

 

CONTEÚDO: é obrigatório o preenchimento do FCE (Formulário de Cobertura dos Elementos de Competência). Sua entrega deve obedecer às exigências de cada nível e deve seguir junto ao DRP (em papel e DOC). No seu preenchimento, o Candidato deverá indicar a página, parágrafo, tabela ou figura em que, no relatório, o EC (Elemento de Competência) do NCB é referenciado. Inclua linhas para novos ECs ou observação que considere pertinente (por exemplo, o motivo de um elemento obrigatório não ser coberto no relatório).

 


Tópicos principais:


Esta versão suplanta e revoga quaisquer versões e condições anteriores.

Atualizado: 2016-02-13